O PASSAR POR PROVAÇÕES

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 18 views
Notes
Transcript

Igreja Batista Logos 20/11/2022

Texto base: Jó 1:1-2 “Na terra de Uz vivia um homem chamado Jó. Era homem íntegro e justo; temia a Deus e evitava fazer o mal. Tinha ele sete filhos e três filhas,”
A) INTRODUÇÃO
Estamos diante de um dos livros mais impressionantes e extraordinários da Sagrada Escritura, trata-se do livro de Jó. Muitos ao lerem essa obra inspirada por Deus, dizem que estamos diante de uma teodiceia. O que vem a ser Teodicéia: O termo teodiceia provém do grego θεός - theós, "Deus" e δίκη - díkē, "justiça", que significa, literalmente, "justiça de Deus", sendo uma área da filosofia que, entre outras coisas, busca uma resposta ao Paradoxo de Epicuro e ao "problema do mal".
Ao lermos esse livro, inspirado por Deus, e em nossos dias é muito importante essa afirmação, nos deparamos com assunto que tem trazido muitas dúvidas, e por que não dizer murmuração, na vida de muitos daqueles que são crente, ou dizem que são.
E qual assunto é esse? A Justiça de um Deus soberano em um mundo cheio de sofrimentos. Porque os justos sofrem?
Meu objetivo nessa noite não é passar em todos os pontos desse Livro tão extraordinário, o que levaria a muito mais tempo do que temos, mas o que gostaria de expor com a completa ajuda e direção do Espírito Santo, são alguns detalhes da vida de Jó. Pra isso, vamos ler alguns versículos do início e fim desse livro, e orarmos para que o Deus de toda glória tenha misericórdia de cada um de nós e possamos sair daqui hoje edificados por sua Santa Palavra.
Bom, passemos a olhar então, quem era Jó. Já no verso 1, a Bíblia nos diz que Jó era um homem que vivia na terra Uz. Não existe muitas informações sobre a exatidão de onde ficava esse território, alguns concordam que essa cidade ficava ao leste do Jordão, que incluia Edon ao sul. O relato continua dizendo que Jó era um homem íntegro e justo, temia a Deus e evitava fazer o mal.
Já nesse ponto vemos como a Bíblia retrata a vida de Jó, que incrível esse texto. Jó se destacava pelo seu relacionamento com Deus, por sua devoção. Sabemos que Jó era um homem muito próspero, de muitos bens materiais, mas nem as riquezas conseguiram corromper a vida desse homem.
Já nos versos 6 e 7 nos deparamos com um texto que só acreditamos porque está escrito na Palavra de Deus. De uma maneira cósmica, espiritual, e em um tempo e época que não sabemos, a Escritura nos diz que certo dia os anjos vieram apresentar-se ao Senhor e satanás veio com eles.
E agora? Não é simplismente extraordinário esse texto? O que satanás estava fazendo juntamente com anjos? E porque se apresentar a Deus? E porque Deus não o expulsou? E mais, porque conversou com o diabo? Essas são situações e campos onde somos totalmente limitados, não alcançamos e nem compreendemos.
Já verso 8 de maneira ainda mais surpreendente, o Senhor e não satanás, inicia o diálogoque leva à provação de Jó. Deus destaca Jó como um homem contra quem o “acusador” não pode registrar queixa. Vejamos: Jó1:8 “Disse então o Senhor a Satanás: “Reparou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal”.”
Deus chama Jó de meu servo. Pv15:3 “Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando atentamente os maus e os bons.”
Satanás, “acusador”, revela então seu caráter e plano. No verso 9, ele responde: Jó1:9“Será que Jó não tem razões para temer a Deus?”, respondeu Satanás.”
E de maneira ainda mais audaciosa satanás conclui no verso 11. Jó1:11Mas estende a tua mão e fere tudo o que ele tem, e com certeza ele te amaldiçoará na tua face.””
E como se satanás colocasse Deus e seu servo contra parede, dessa maneira Deus é fácil te temer e também é fácil Você me dizer que seu servo Te ama.
Conhecemos a história, Deus da permissão para que satanás aflija então a vida de Jó, mais tudo isso mantido dentro de um limite.
O mais impressionante meus irmãos, é que esse homem vive lutas e tem perdas de todas as maneiras. O inimigo o aflije fazendo com que ele perca em um só dia todos os seus bens e seus 10 filhos, um pouco depois sua saúde. Jó como um ser humanos, sujeito a todas limitações, angústias, medo, ansiedade, pânico, dor, que todos nós passamos em algum momento, poderia ter se voltado contra Deus e pedido explicações, murmurado e por fim o abandonado.
Mas vejamos o que esse homem diante de tanta dor e luta disse: Jó1:20-21 “Ao ouvir isso, Jó levantou-se, rasgou o manto e rapou a cabeça. Então prostrou-se, rosto em terra, em adoração, e disse: “Saí nu do ventre da minha mãe, e nu partirei . O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor ”.”
Como disse no início dessa exposição, ensinamentos são aos milhares em todo esse livro. E aconselho a cada um de nós estudarmos cada linha. Mais nessa noite quero trazer algumas aplicações para minha vida e sua referente ao propósito das provações.
Será que falo hoje para alguém que está sem entender o motivo de determinada situação? Será que seja o caso de ser uma pessoa que pensa que Deus está longe e por isso, sem controle das situações?
B) Vejamos:
AS PROVAÇÕES - As provações são como fogo, onde o objetivo é que saíamos melhor. A melhor ilustração para esse tema é o ouro. Para se purificar o ouro é necessário a prova pelo fogo. Toda impureza rapidamente é dissipada e não resiste. Esse foi o teste proposto por satanás a Deus, prove a Jó e aí veremos o que está em seu coração. Podemos então agora olharmos para nossa vida, e essa é uma palavra de esperança. Exsitem situações que não controlamos, e que não possuímos o poder de determinarmos o seu final. Nesse sentido entregamos a quem detém esse poder. O poder da palavra final. Pv16:1 “Ao homem pertencem os planos do coração, mas do Senhor vem a resposta da língua.” Mt19:25-26 “Ao ouvirem isso, os discípulos ficaram perplexos e perguntaram: “Neste caso, quem pode ser salvo?” Jesus olhou para eles e respondeu: “Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis”.” Dn2:21 “Ele muda as épocas e as estações; destrona reis e os estabelece. Dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos que sabem discernir.”
A CONFIANÇA EM DEUS -Jó42:1-2 “Então Jó respondeu ao Senhor: “Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos pode ser frustrado.” A confiança é algo que de maneira especial é desenvolvida em meio a lutas e adversidades. Nos momentos de aflição nos voltamos mais firmes para Aquele que é o único socorro. O mundo faz promessas que não se sustentam e nem podem nos sustentar. Muitos acreditam que estão seguros longe de Cristo, porque confiam em sua própria justiça. As provações nos colocam diante de impossibilidades, diante do impossível, onde o mundo e suas riquezas não possuem poder de solução. Mais nós sabemos em quem confiar e sabemos que nenhum dos planos do Senhor podem ser frustrados. Lc1:37 “Pois nada é impossível para Deus”.” Sl20:7 “Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor, o nosso Deus.” Sl121:1-2 “Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.”
CONHECIMENTO DE DEUS - Jó42:5 “Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram.” Jó era um homem íntegro, justo, que se desvia do mal, servo do Senhor. Reconhecido pelo próprio Deus como seu servo, e como dito, não havia nenhuma pessoa na terra como Jó. No entanto, esse homem temente a Deus conhecia o Senhor somente de ouvir falar. Olha que poder as provações e adversidades possuem, ao passar por todo esse processo que já lemos, Jó se aproxima ainda mais de Deus, agora não é só de ouvir falar, meus olhos te vêem. Muitos são aqueles que vivem na periferia do relacionamento, se contentam de somente ouvir falar. No final de tudo isso, vemos como realmente Jó era íntegro e justo, não era um oportunista como satanás disse, mais pelo contrário era tudo aquilo que Deus já conhecia. Quem somos nós em meio as lutas e adversidades? Jo6:1-2 “Algum tempo depois, Jesus partiu para a outra margem do mar da Galiléia (ou seja, do mar de Tiberíades), e grande multidão continuava a segui-lo, porque vira os sinais miraculosos que ele tinha realizado nos doentes.” Jo6:26 “Jesus respondeu: “A verdade é que vocês estão me procurando, não porque viram os sinais miraculosos, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos.”
RENDIÇÃO - Jó42:6 “Por isso menosprezo a mim mesmo e me arrependo no pó e na cinza”.” A entrega precisa ser total. Interessante que Jó mesmo sendo íntegro, justo, desviando do mal, precisava de um Salvador. As provações nos levam a chegarmos mais próximos de Deus, mais perto de Deus, mais claro fica nossa necessidade dele, mais de Deus e menos de nós. Jo3:30 “É necessário que ele cresça e que eu diminua.” As provações são oportunidades de crescimento para nós, mas também é para Glória do nosso Deus, para que o mundo saiba que Ele é Deus. Jo9:3 “Disse Jesus: “Nem ele nem seus pais pecaram, mas isto aconteceu para que a obra de Deus se manifestasse na vida dele.” Jo11:4 “Ao ouvir isso, Jesus disse: “Essa doença não acabará em morte; é para a glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por meio dela”.”
C) CONCLUSÃO
Ao cocluir essa mensagem não posso deixar de exaltar a Deus todo poderoso, que governa todas as coisas com grande sabedoria e que em momento nenhum deixou de ter controle sobre tudo e todos.
A nós que estamos aqui essa noite e por ventura estejámos passando por lutas e adversidades que parecem nos sufocar, saiba que tudo isso vai passar, e mais adiante você e eu estaremos fortalecidos. “Naquele dia o Senhor salvou Israel das mãos dos egípcios, e os israelitas viram os egípcios mortos na praia.”
Ex:14:30-31 “Naquele dia o Senhor salvou Israel das mãos dos egípcios, e os israelitas viram os egípcios mortos na praia. Israel viu o grande poder do Senhor contra os egípcios, temeu o Senhor e pôs nele a sua confiança, como também em Moisés, seu servo.”
Ex:15:1-2 “Então Moisés e os israelitas entoaram este cântico ao Senhor: “Cantarei ao Senhor, pois triunfou gloriosamente. Lançou ao mar o cavalo e o seu cavaleiro! O Senhor é a minha força e a minha canção; ele é a minha salvação! Ele é o meu Deus e eu o louvarei, é o Deus de meu pai, e eu o exaltarei!”
Que Deus nos abençoe.
Related Media
See more
Related Sermons
See more