IDENTIDADE

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 7 views
Notes
Transcript

Anotações

Quem é você? estudante, engenheiro, cantor, músico, órfão, etc...
Você não é a sua profissão/trabalho, muito menos o estado em que se encontra em determinada área de sua vida. Muitas pessoas respondem essa pergunta dizendo qua a sua profissão, ou alguma informação ligada à sua infância, ou uma circusntância emocional, ou com experiências de vida negativas ou pecaminosas.
A nossa identidade é definida por nosso relacionamento com Cristo.
SOMOS SERES CRIADOS (Gn 1.27) - Isso nos torna dependentes do criador e responsáveis diante dele pelos nossos atos
Somos dependentes (Sl 145.15-16 “Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento. Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente.”).
Dependemos de Deus para o trabalho de onde tiramos o sustento (Dt 8.17-18 “Não digas, pois, no teu coração: A minha força e o poder do meu braço me adquiriram estas riquezas. Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, porque é ele o que te dá força para adquirires riquezas; para confirmar a sua aliança, que, sob juramento, prometeu a teus pais, como hoje se vê.”)
Dependemos de Deus para viver e até mesmo respirar (At 17.25 “Nem é servido por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais;” Sl 31.15 “Nas tuas mãos, estão os meus dias; livra-me das mãos dos meus inimigos e dos meus perseguidores.”
Dependemos de Deus para que nossos planos seja realizados (Tg 4.13-15 “Atendei, agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo.”) Dependemos de Deus para levar adiante cada detalhe de nossa vida.
Dependemos de Deus para ter habilidades (1Co 4.7 “Pois quem é que te faz sobressair? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te vanglorias, como se o não tiveras recebido?”) Muitos “testemunham” suas histórias de vida dizendo que venceram na vida com o próprio esforço, mas nada receberam senão do próprio Deus.
Nossa fragilidade física aponta para total dependência de Deus. Quantos casos conhecemos de pessoas “jovens”, cheias de vigor e potencial, e que morrem de forma “precoce”. Isso tem muito a dizer sobre nossa fragilidade física que nos faz depender totalmente de Deus. Pv 27.1 “Não te glories do dia de amanhã, porque não sabes o que trará à luz.”
Nossa vulnerabilidade espiritual aponta para nossa total dependência de Deus. Precisamos lutar contra 3 inimigos terríveis: o mundo (toda humanidade que se opõe a Deus), o Diabo, e a nossa própria carne. Estamos espiritualmente vulneráveis a essas três influências e isso nos torna totalmente dependentes de Deus.
O senso crescente de dependência total de Deus acompanha o processo de amadurecimento cristão. Na vida cristã, quanto mais maduros, mais dependentes somos de Deus.
Somos moralmente responsáveis e prestaremos contas a Deus. Gn 2.16-17 “E o Senhor Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Adão tinha que prestar contas a Deus sobre suas escolhas/ações. Caim foi responsabilizado pelo assassinato de Abel. Os prórpios dez mandamentos foram estabelecidos como parâmetros de prestação de contas. Jesus condicionou a identidade de um discípulo à sua obediência Jo 14.15 “Se me amais, guardareis os meus mandamentos.” Cada um dará conta de si mesmo a Deus Rm 14.12 “Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.” Quando o ser humano cria os seus próprios padrões de conduta ele está afirmando que presta contas apenas a si mesmo, uma total rebeldia ao Criador.
Duas formas de observar esses princípios de dependência e responsabilidade são a prática da humildade e da gratidão. A humildade é fruto de um coração que conhece suas limitações. E a gratidão é fruto de um coração que reconhece tudo o que não vem de si mesmo.
Related Media
See more
Related Sermons
See more