O sumo pastor - Sl 23

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 5 views
Notes
Transcript

O sumo pastor - Sl 23

Salmo 23.1–6 NVI
1 O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta. 2 Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranqüilas; 3 restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome. 4 Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem. 5 Preparas um banquete para mim à vista dos meus inimigos. Tu me honras, ungindo a minha cabeça com óleo e fazendo transbordar o meu cálice. 6 Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.

Introdução

Salmo de Davi.

O pastor e seu pastoreio

Salmo 23.1 NVI
1 O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta.
Meus irmãos, se eu quiser descrever você eu posso dar inúmeras características suas. Como você se arruma, seu estilo de música, sua profissão, clube de futebol. Posso usar todas essas características para descrever quem você é pra alguém que nunca te viu, e a partir daí essa pessoa vai poder imaginar de alguma maneira quem você é.
Fazemos isso entre as nossas relações. Assim, alguém que nunca te viu, pode ao menos imaginar quem você é.
Com Deus é da mesma maneira. Nós não conhecemos a Deus como conhecemos uns aos outros. O Pr. Renan ontem nos lembrou de que hoje o vemos como por um espelho, mas um dia conheceremos ele como somos conhecidos hoje.
No entanto, até lá o que nos resta a saber sobre Deus são ilustrações e definições que a Bíblia oferece para nós.
Como Deus está além de nós, a Bíblia vai constantemente nos apresentar Deus de maneira que nós podemos entender, ou ao menos imaginar. Temos figuras que de certa maneira apresentam Deus a nós.
Deus é comparado a uma mãe; comparado a uma galinha; comparado a um pai; comparado a um marido/noivo; e com várias outras coisas.
Aqui Deus é comparado a um pastor.
Davi, autor do salmo, já foi pastor. E pastor em moldes um pouco diferentes do que nossa sociedade tá acostumada a pensar. Quando falamos sobre pastor, sempre pensamos no líder de uma igreja, mas só pensamos nisso porque antes existiam aqueles que realmente eram pastores de ovelhas. E Davi era um pastor de ovelhas.
Quando Davi escreve esse salmo talvez ele estivesse pensando sobre como era cuidar das ovelhinhas de seu pai Jessé. Ir lá todos os dias, alimentá-las, cuidar delas, buscar alguma que viesse a sumir, curar seus machucados, guardá-las em um abrigo na época do frio...
Eu imagino Davi lembrando de tudo isso que ele fazia, e refletindo sobre como isso se assemelha ao cuidado de Deus para com seu povo.
Por isso ele chega à conclusão: Deus é como um pastor, e seu povo como as ovelhas. Como já dizia a letra da canção, “eu sou um cordinheiro, Jesus é o meu pastor”.
*** Pode até ser mentira que a barata tem uma perna só, mas que Deus é nosso pastor, ele é!
E Davi então declara: pois se Deus é nosso pastor, então nada me faltará. Ou, de nada terei falta.
“Quando eu era pastor eu sempre cuidava das minhas ovelhas, pois com certeza Deus é um pastor ainda melhor. Se minhas ovelhas não tinham falta de nada, Deus garantirá que teremos o que precisamos”
Sendo Deus nosso pastor, temos tudo o que precisamos.
Para Davi, chamar Deus de pastor é o mesmo que Deus é soberano, e na sua soberania ele sempre vai fazer o melhor por seu povo.
Suas ovelhas jamais vão ter falta de algo. A vida em Deus é completa, é abundante, é inteira.
E ele então descreve esse pastoreio soberano de Deus em duas situações:

1. As coisas boas da vida

Salmo 23.2–3 NVI
2 Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranqüilas; 3 restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.
As ovelhas repousam em verdes pastagens? Foi o pastor que as conduziu.
Bebem de águas tranquilas? Foi o pastor que as conduziu.
Podem descansar? Foi o pastor que deu descanso.
Anda em caminhos bons? Foi o pastor que as guiou até lá.
Tudo o que a ovelha desfruta de bom é por causa do quanto o pastor cuida dela.
Da mesma forma, sendo esse pastor uma figura para Deus, Davi está afirmando que tudo aquilo que experimentamos de bom em nossas vidas vem de Deus.
Você desfruta de um bom lugar para repousar? É Deus quem cuida do seu lar.
Você tem se alimentado bem? É Deus que tem dado essa provisão.
Você tem sido revigorado? É Deus que tem te dado força.
Você tem conseguido obedecer a Deus? É Ele que tem te feito caminhar de maneira justa, por amor do nome dele!
Se você tem algo de que se alegrar em sua vida, algo a se orgulhar, certamente você pode desfrutar disso porque Deus está cuidando de você como um pastor cuida de suas ovelhas.
Você é ovelha de Deus, você pertence a ele, e ele vai fazer sempre o melhor.
Mas claro que a vida não é só pastos verdejantes, e mesmo as ovelhas de Deus precisam lidar com situações infelizes, muitas vezes.
O que Davi tem a dizer sobre o pastoreio de Deus quando as coisas não estão assim tão boas?

2. As coisas ruins da vida

Salmo 23.4 NVI
4 Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.
Parece estranho pensar que Deus permitira suas ovelhas passarem por lugares descritos como vale de trevas e morte. O próprio Deus é o pastor. Como ele permite que suas ovelhas passem por situações assim?
A expectativa do leitor, sabendo que se trata de ovelhas guiadas por Deus, seria de que elas nunca passariam por vales de trevas e morte.
Até porque vale é sempre descrito na bíblia como algo negativo. O povo judeu sabia que historicamente Deus se revelava nos montes: sarça ardente; dez mandamentos; voz de Deus a Abraão quando ia sacrificar Isaque; Deus costuma se revelar nos lugares mais altos, portanto vale além de ser algo negativo também é lugar onde Deus estaria distante.
Como Deus poderia permitir que suas ovelhas passassem por lugares assim? Esses são lugares amedrontadores!
Mas contrário ao pensamento popular, as ovelhas de Deus podem sim passar pelo vale de trevas e de morte, sem medo e tranquilos, porque Deus está com elas!!!
O supremo pastor até permite que as ovelhas passem por caminhos perigosos, mas ele está sempre ao lado de suas ovelhas.
“Sua vara e seu cajado me protegem”. Ele haverá de protejer suas ovelhas.
Não sem dor alguma, é claro. Ele usa sua vara, ele usa seu cajado, mas ainda que a ovelha pudesse reclamar da dor, ele está protegendo ela.
Meus irmãos, nós somos ovelhas desse supremo pastor, e sim, passamos por momentos difíceis, passamos por lugares em que suspeitamos se Deus está realmente com a gente, mas podemos confiar que sim. Nosso Deus está conosco o tempo todo. Nos pastos verdejantes, ou no vale de trevas e morte, ele é o nosso pastor, e sempre está ao nosso lado nos protegendo.
Davi diz: O Senhor é meu pastor, nada me faltará. Ou seja, o Senhor é meu pastor, posso confiar nele, de que o que eu preciso ele vai dar, seja no muito ou seja no pouco; quando tudo vai bem ou quando parece que vai desmoronar; quando estou alegre ou quando estou triste, ele nunca vai deixar faltar, ele é o pastor, e ele estará conosco.

A mesa diplomática

Salmo 23.5–6 NVI
5 Preparas um banquete para mim à vista dos meus inimigos. Tu me honras, ungindo a minha cabeça com óleo e fazendo transbordar o meu cálice. 6 Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.
Aqui Davi muda a ilustração. Fica difícil imaginar uma ovelha assentada junto de seus inimigos em um banquete. Naturalmente Davi troca o exemplo. Mas ele ainda está falando da aplicação do pastoreio de Deus sobre seu povo.
A imagem agora é de um banquete preparado por Deus, diante de inimigos políticos.
Em um ambiente de muita guerra, um banquete como esse seria muito esquisito, mas ele tem uma representação muito forte.
Israel era e ainda é uma nação pequena, do tamanho do estado de Sergipe. É natural que uma nação como essa fosse inferior em poder de guerra às nações inimigas. Os inimigos são maiores, mais fortes, tem mais tecnologia, mais poder. Vemos isso ao longo da história de Israel com os Egípcios, Filisteus, Babilônicos, Cananeus… Israel geralmente é o exército inferior das batalhas. Mas surpreendentemente, sua cabeça que é ungida e não a dos inimigos.
Apesar da inferioridade de Israel, Deus luta por seu povo, porque seu povo são como ovelhas, e ele é o pastor, em quem nada faltará. Israel podia confiar na vitória mesmo sendo uma nação fraca e pequena, porque Deus é soberano sobre tudo.

Conclusão.

Sendo assim, “a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida”.
Aqui é a conclusão do texto. Davi confiava de que a bondade e a fidelidade de Deus estava sobre ele, todos os dias, nos dias de pastos verdejantes e águas tranquilas e também nos dias de vales de trevas e morte. Todos os dias, em paz ou em guerras contra nações mais fortes, porque Deus cuidaria dele.
Tudo isso porque Deus é o pastor, ele está perto, cuidando de suas ovelhas.
Sendo assim, será que alguma ovelha gostaria de estar distante desse pastor? Que esperança uma ovelha poderia ter longe desse supremo pastor? Nenhuma.
As ovelhas não chegariam a pastos verdejantes, a águas tranquilas. E quando passassem pelo vale de sombra e de morte passariam sozinhas, o que seria fatal. Seria aniquiladas na batalha. Essas ovelhas não seriam nada sem seu pastor.
A ovelha que sabe disso não consegue imaginar sua vida distante desse Deus. E Davi sabia disso. Por isso ele conclui: “habitarei na casa do Senhor (onde Deus habita) enquanto eu viver.”
Se tudo isso eu só tenho por ser ovelha desse supremo pastor, eu quero estar em sua presença para sempre, enquanto eu tiver vida eu quero estar ao lado desse pastor.
É Jesus perguntando aos discípulos se eles querem ir embora. Para onde iremos nós?
Que nós possamos todos desejar a presença de Deus constantemente em nossas vidas.
Precisamos de Deus em nós. Precisamos de Deus em nossas famílias. Precisamos de Deus constantemente.
Que hoje Deus venha produzir em nós esse prazer que Davi tinha de estar na presença de Deus. Precisamos ter esse prazer pela presença de Deus. Precisamos desejar esse Deus.
Related Media
See more
Related Sermons
See more